www.ccdapdl.pt

  • Aumentar o tamanho da fonte
  • Tamanho padrão da fonte
  • Diminuir tamanho da fonte

13.ª/ 14ªª ETAPAS: VARIANTE ESPIRITUAL: DE ARMENTEIRA A PONTECESURES

Enviar por E-mail Versão para impressão PDF

Aproximadamente por volta das 06:45 partimos rumo a Armenteira para fazermos as duas últimas etapas da Variante Espiritual. Esta variante do Caminho de Santiago une o Caminho Português com a rota Traslatio, também conhecida como a Rota do Mar de Arousa e do Rio Ulla, que é a origem de todos os caminhos.

Segundo reza a história, no ano de 44 dC por ordem de Herodes Agripa I, o Apóstolo Santiago que tinha regressado a Jerusalém depois de pregar alguns anos nos territórios de Hispania (a atual Espanha), foi decapitado. Os poucos discípulos hispânicos que o seguiram para Jerusalém, roubaram o corpo e transportaram-no numa barca de pedra sem tripulação que, guiada pelos anjos e por uma estrela, foi conduzida para a foz do rio Ulla, até atracar em Iria Flavia, a atual cidade de Padrón.

A Variante Espiritual é composta por três etapas, a saber:
Na primeira etapa (Pontevedra – Armenteira - 23,2 Km), partindo da praça da Peregrina, em Pontevedra, a rota dirige-se pelas paisagens pitorescas da Comarca de “O Salnés”, atravessando a dinâmica cidade de Poio com o seu mosteiro antigo e a bela cidade costeira de Combarro para subir até ao destino final da etapa: o incrível Mosteiro de Armenteira, uma construção repleta de história desde o ano de 1162, e onde é possível, os peregrinos ficarem alojados.
A segunda etapa (Armenteira – Vila Nova de Arousa - 22,7 Km) percorre a sugestiva “Rota da Pedra e da Água“, uma vereda que faz fronteira com o pequeno rio Armenteira, cercada por uma vegetação exuberante e suave e por recantos pitorescos.

Na terceira e última etapa, que se estende desde Vilanova de Arousa até Pontecesures (27,7 Km), começa a rota marítima, denominada por Traslatio. Este trecho também pode ser percorrido a pé, ao longo da costa da Ria e do rio Ulla.
Após embarcarmos em Vilanova de Arousa, pudemos observar a bonita Ria de Arousa até chegar à foz do Rio Ulla e navegar os seus últimos trechos até Pontecesures.

No trajeto, conhecemos a única Via Crucis marítimo-fluvial do mundo, uma coleção de 17 cruzeiros que assinalam o percurso do Apóstolo.
Segundo reza a lenda, a barca de pedra com o corpo de Santiago chegou até Iria Flavia, perto da atual cidade de Padrón e é precisamente neste ponto, onde a variante espiritual, reencontra o Caminho Central Português.

Não poderia despedir-me, sem agradecer em nome do nosso grupo, ao Capitão Santiago, pela simpatia com que nos recebeu e, por nos ter oferecido bolinho e chá quentinho, durante a viagem.
Por volta das 23:00 chegamos a Leça da Palmeira. Só falta mais uma etapa para chegarmos a Santiago e já é no próximo Sábado. Mas que grande aventura!

Leça da Palmeira 30 de Abril de 2018

Paula Silva